Fotografando a viagem

Fazendo a mochila antes de partir por algum tempo na estrada algumas decisões difíceis são feitas. Não dá pra levar todas as roupas que você quer – e acha – que vai precisar. Talvez aquela capa de chuva faça falta ou outro tênis pra andar mais confortavelmente seja uma boa idéia, mas uma coisa que normalmente não fica fora da mala de um viajante é a máquina fotográfica.

Dá pra aproveitar a viagem mesmo com uma câmera na mão. O importante é não deixar de curtir o lugar por conta disso.
Dá pra aproveitar a viagem mesmo com uma câmera na mão. O importante é não deixar de curtir o lugar por conta disso.

Talvez não mais, talvez hoje em dia muita gente deixe ela para trás e resolva que só vai tirar fotos com o celular – que muitas vezes é melhor que a câmera – mas fotografia e viagem estão ligados demais e são quase inseparáveis. É uma tradição conhecer um lugar novo e tirar um milhão de fotos diferentes, o problema é que às vezes isso acaba caindo na idéia de servir mais para provar que você esteve lá do que para retratar a cultura local e registrar a experiência, e não é a toa que coisas como o pau-de-selfie vendem tanto com essa idéia. Mas dá pra fotografar e aproveitar o lugar sem se tornar o egocêntrico paparazzi da sua própria vida (e sem um pau-de-selfie).

Fotografia de viagem

Cada cantinho do mundo tem a sua particularidade, sua cultura influenciando a maneira de se vestir, comer, andar, se comportar, e sua própria paisagem. Isso é riquíssimo para viver quando se está na estrada, e no fim das contas fotografar um momento desses – até fotografar você vivendo um momento desses – é uma coisa muito mais legal de rever no futuro, mostrar para a família no próximo natal, e se recordar quando estiver se sentindo nostálgico.

Salar de Uyuni - João Paulo de Vasconcelos
Muita gente prefere deixar a câmera em casa e viajar só com o celular para fotografar. Hoje isso é muito fácil, e muitos aparelhos conseguem capturar imagens de grande qualidade como essa do Salar de Uyuni na Bolívia.

No fim das contas, seja a cultura o mais interessante, as coisas loucas que você resolve fazer durante a viagem, aquele restaurante típico que você achou no meio de uma cidade grande, as pessoas que você conheceu, ou como aquele hostel era diferente, as fotografias são muito pessoais e mostram um pouco da visão que cada um teve durante o caminho percorrido. Só lembre-se de aproveitar a viagem.

Veja mais fotos no Flickr, no meu site ou no 500px.

Anúncios

Um comentário sobre “Fotografando a viagem

  1. Eu vi uma reportagem alguns anos atrás dizendo que o tempo das pessoas em frente às obras de arte no louve havia diminuído para algo como 2/3 segundos. Basicamente era o tempo de tirar uma foto com o smartphone e passar para a próxima obra, achei isso tão triste… Eu sou o oposto, sempre volto de viagem achando que deveria ter fotografado mais! hahahaha 🙂

    Curtir

O que achou?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s