Salar de Uyuni, Bolivia - João Paulo de Vasconcelos

Salar de Uyuni, Bolívia

O som da água batendo constantemente nos para-lamas do jipe se misturava com a voz de Eddie Vedder cantando seus hinos de viagem. O branco infinito do pedaço do Salar de Uyuni que ainda não tinha recebido tanta chuva nos levaria primeiro a uma ilha com cactos gigantes, onde havia uma pequena trilha em direção ao topo de um monte para ver a imensidão do deserto de sal mais famoso do mundo.

Salar de Uyuni, Bolívia

Não tem nada de normal no Salar de Uyuni. Não tem nenhuma construção famosa, não é um canto do mundo conhecido por alguma coisa específica ter acontecido ali no meio, e nem tem um resort gigante chamando milhares de turistas pra ficarem lá alguns dias sem fazer nada. Ele simplesmente está lá, a graça dele é existir. Nem todo mundo consegue visitar o deserto muitas vezes por receio das precariedades de hotéis e de toda a região, mas essa é exatamente a graça do salar: mesmo com milhares de visitantes o ano todo, ele é um dos poucos lugares que ainda tem aquele ar de “intocado”. Descendo do jipe tudo o que se ouve é silêncio, ele só é quebrado pelo som da fina camada de água a cada passo dado, e isso é bom. É o nada sendo tudo que faz do Salar de Uyuni um dos cantos mais impressionantes do mundo, a distância de tudo o que é comum que dá a impressão de estar em outro planeta.

Salar de Uyuni, Bolívia

Pudemos ficar cerca de uma hora caminhando de um lado para o outro, sem rumo, aproveitando a vista que nunca enjoa. A água cheia de sal com diversos minerais deixava a calça branca como se fosse tinta (e pode ter certeza de que vai ficar lá por um tempo), e era bem morna apesar do clima frio – o que permitia, a quem quisesse, andar descalço para não molhar o sapato. O legal é a sorte de ter conhecido o Salar de Uyuni logo depois das chuvas que fizeram a fina camada de água, transformando um deserto infinito em um espelho de proporções absurdas e juntando o céu e a terra, ao nível de não se fazer idéia de onde um termina e o outro começa.

Jipe no Salar de Uyuni, Bolívia

Faça um favor ao mochileiro dentro de você e não deixe de conhecer o Salar de Uyuni se um dia quiser entrar em um jipe e ir pra outro planeta. Pode acreditar que as fotos não fazem justiça ao que ele é naturalmente.

Mais fotos da viagem no meu site ou no Flickr.

Anúncios

3 comentários sobre “Salar de Uyuni, Bolívia

    1. Eddie Vedder é sempre uma boa escolha na estrada. Hahaha Esse é um exemplo mesmo, espero que ele continue sendo preservado do jeito que é, sem explorarem pra extração (lá tem o maior depósito de lítio do mundo).

      Curtido por 1 pessoa

O que achou?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s