Laguna Verde, o primeiro dia no deserto boliviano

O jipe parou no meio do deserto, perto de algumas pedras que antecediam uma pequena baixada. Enquanto conversávamos, Richard – o guia – olhava para trás com um pouco de curiosidade e impaciência. Quando ficamos em silêncio por um momento ele sorriu e apontou para as pedras ao lado.
– Ali embaixo está a Laguna Verde. Ela tem uma cor que varia de acordo com o vento, principalmente pela quantidade de minerais como arsênico, magnésio e carbonato de cálcio. Não cheguem muito perto da água, o chão fica mole e vocês podem ficar um pouco presos e se molharem. Não é pra beber a água, ela é tóxica pra gente. Vou descansar um pouco aqui e quando vocês quiserem ir é só voltar para o jipe.
A Laguna Verde foi o primeiro choque que tivemos depois de entrar no deserto boliviano. Alguns mochileiros visitam as primeiras lagunas altiplânicas ainda no deserto do atacama, mas mesmo os que já conheciam a beleza das coloridas lagoas não deixam de se impressionar com a série de belezas naturais que fazem da Bolívia um país inesquecível. Só a gente dando uma volta perto da lagoa, com um jipe logo atrás carregando nossas mochilas no cargueiro junto da água e da gasolina, deixava aquilo inesquecível logo de cara.

Jipe no deserto da Bolívia

Quando voltávamos ao jipe para seguir para a próxima lagoa, Richard nos deixava colocar o iPod e escolher a música que quiséssemos. Às vezes conversávamos sobre as diferenças culturais, ainda mais tendo um boliviano, um americano, um holandês, e quatro brasileiros juntos. Mas em muitos outros momentos só seguíamos ao som de Of Monsters and Men, ou qualquer outra coisa que aparecesse no shuffle enquanto cruzávamos as areias já marcadas pelos pneus dos outros jipes que seguiam o mesmo trajeto.

Laguna Cañapa

Como passeávamos com calma pelo deserto as visitas do dia eram poucas, e conhecemos apenas mais uma lagoa, a Laguna de Cañapa, antes de irmos ao abrigo descansar. Já que ficávamos em lugares sem eletricidade e água quente, o pôr do sol era basicamente a hora de dormir. Ainda mais considerando que acordaríamos com ele nascendo no dia seguinte.
Mais fotos da viagem no meu Flickr ou no meu site.
Anúncios

3 comentários sobre “Laguna Verde, o primeiro dia no deserto boliviano

O que achou?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s